Você está aqui

Disponível em:EnglishEspañolPortuguês

República Oriental do Uruguai e CEPAL fortalecem cooperação

Acordo foi assinado no marco da Primeira Reunião da Conferência Regional sobre População e Desenvolvimento, que ocorre em Montevidéu.

19 de agosto de 2013|Comunicado de imprensa

50658-FIRMA-012-400.jpg

Alicia Bárcena, Secretaria Ejecutiva de la CEPAL, y Diego Cánepa, Prosecretario de la Presidencia de la República del Uruguay, se saludan tras la firma del convenio de cooperación.
Alicia Bárcena, Secretaria Ejecutiva de la CEPAL, y Diego Cánepa, Prosecretario de la Presidencia de la República del Uruguay, se saludan tras la firma del convenio de cooperación.
Foto: Dante Fernández/CEPAL

(13 de agosto de 2013) A República Oriental do Uruguai e a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) assinaram hoje em Montevidéu um convênio para reforçar suas atividades de cooperação mútua em distintas áreas do desenvolvimento econômico e social.

O acordo foi assinado por Diego Cánepa, Secretário da Presidência da República, como representante do governo uruguaio, e Alicia Bárcena, Secretária-Executiva do organismo das Nações Unidas. A assinatura tem seu marco no contexto da Primeira Reunião da Conferência Regional sobre População e Desenvolvimento da América Latina e do Caribe, que se realiza na capital do Uruguai até quinta-feira, 15 de agosto.

No convênio ambas as partes acordam realizar atividades de cooperação técnica e institucional e desenvolver estudos e projetos nas áreas de planejamento, políticas de desenvolvimento econômico, medição da pobreza e da desigualdade, políticas fiscais, avaliação de políticas e programas sociais, igualdade substantiva entre mulheres e homens em contextos urbanos, políticas de inclusão social para a infância e para a juventude, diversidade cultural e povos indígenas em cidades, e políticas de emprego nas economias urbanas, entre outras.

Também, serão realizados intercâmbios profissionais nos temas assinalados e de materiais impressos e eletrônicos, relevantes para essas tarefas.

Entre as atividades conjuntas prevê-se a realização de seminários, oficinas de trabalho, treinamentos ou fóruns de discussão sobre temas de desenvolvimento social de cidades latino-americanas e do Caribe, assim como a organização de outros eventos de interesse mútuo.

Na cerimônia de assinatura do acordo, Diego Cánepa agradeceu a CEPAL por seu trabalho em prol da elaboração de políticas públicas no Uruguai e na região. "A CEPAL está desempenhando um papel chave nessa nova etapa da América Latina. Há uma nova agenda latino-americana: depois de uma década perdida, agora estamos culminando uma nova década vencida e o desafio é que seja para a grande maioria das pessoas, não somente para alguns", afirmou.

"A CEPAL  tem sido líder na região no tema do combate à desigualdade, tema que é um pilar fundamental para nós no Uruguai. Graças à liderança e à capacidade de Alicia Bárcena, a CEPAL nos permite conhecer e articular as políticas públicas da melhor qualidade, que são centrais para o desenvolvimento de nossos países", declarou o Ministro Cánepa.

Por sua parte, Alicia Bárcena ressaltou a liderança do Uruguai em temas sociais, que o tem permitido alcançar resultados importantes na agenda da igualdade. "A partir de 2008 nós chegamos à conclusão de que havia chegado, na América Latina, a hora da igualdade. Há muitas brechas por fechar e caminhos por abrir. Não podemos continuar sendo o continente mais desigual do mundo. Esta é uma desigualdade que dói, que conspira contra o desenvolvimento e não nos permite ir em frente como queremos", assinalou.

Bárcena enfatizou, também, que o Uruguai é um exemplo, porque é uma sociedade que se sente orgulhosa da igualdade e a entende com base nos direitos, tal como a CEPAL tem proposto em seus últimos documentos. "Cremos que todos os cidadãos têm o direito à igualdade, à titularidade de direitos.  Esse é o nosso norte", explicou.

 

As diversas sessões da Primeira Reunião da Conferência Regional sobre População e Desenvolvimento, que se realiza em Montevidéu podem ser acompanhadas ao vivo, pela internet, no site da CEPAL.

Para consultas à imprensa, favor entrar em contato com o Setor de Informação Pública e Serviços Web da CEPAL em Santiago, Chile. E-mail: prensa@cepal.org; telefone: (56 2) 2210 2040.

Siga-nos no: Twitter, Facebook, Flickr e YouTube.

Contato

Assinatura

Receba as novidades da CEPAL por e-mail

Assine